O município de Córrego Fundo foi convidado a participar de uma reunião em Divinópolis, no dia 9 de julho, para tratar da participação em um convênio intermunicipal para gerenciamento da iluminação pública na região. O evento foi organizado pela Associação dos Municípios do Vale do Itapecerica (AMVI)
Mediante uma decisão do Governo Federal, a partir de 1º de janeiro de 2015, as despesas dos ativos da iluminação pública serão transferidas para os municípios, abrangendo aspectos como manutenção de braços e lâmpadas dos postes de iluminação, desonerando as concessionárias de energia elétrica. Segundo explicou a secretária municipal de Desenvolvimento, Cultura, Esporte e Lazer, Oneida dos Anjos Fonseca, esta nova regra, irá gerar grandes despesas para os municípios. ?A partir desta data, Córrego Fundo deverá, inclusive, ter previsão orçamentária destas despesas, que incluem, por exemplo, funcionários, equipamentos, veículos e capacitação.?
A reunião em Divinópolis tratou do tema, elucidando os representantes de diversos municípios sobre a nova regra e, inclusive, apresentando opções para celebração de contratos para prestação de serviços de manutenção da iluminação pública.
Em Córrego Fundo, existem 947 pontos de iluminação pública. ?Temos a informação de que uma única equipe que presta o serviço de manutenção pode atender a 10 mil pontos de iluminação pública?, destacou Oneida, que anunciou que o município irá compartilhar a prestação de serviço e despesas com outras cidades, através de consórcios, para atender às exigências legais. No entanto, ainda estão definindo sobre a associação entre as cidades.
Também participaram da realização do evento a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana e a Cemig Distribuição S.A. Compareceram representantes de inúmeras cidades da região.

Imprimir
Comentários