A cidade de Córrego Fundo realizou a 6ª Conferência Municipal de Assistência Social. O evento ocorreu na terça-feira (27), na quadra da Secretaria de Políticas Sociais.

Organizada pela Secretaria de Políticas Sociais, junto ao Conselho Municipal de Assistência Social, a conferência teve como tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Suas”. Mais de cem pessoas participaram do encontro.

Os objetivos da 6ª Conferência Municipal de Assistência Social foram: analisar, propor e deliberar com base na avaliação local, as diretrizes para gestão e financiamento do Sistema Único da Assistência Social, reconhecendo a corresponsabilidade de cada ente federado, além de eleger delegados para as etapas regional e estadual da Conferência.

O encontro contou com a participação da prefeita Érica Leão, da vice Jaine Rodrigues, dos vereadores Elaine Faria e Romário Costa, da representante do Conselho Tutelar, Cléia Arantes e do palestrante Diogo Prado Evangelista, seguido de uma apresentação musical pelo Coral Encanto do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

A temática da conferência foi abordada durante a palestra magna ministrada pelo mestre em Serviço Social, Diogo Prado Evangelista que enfatizou os direitos do cidadão sob a ótica do Serviço Social, no atual cenário brasileiro. Na sequência, foram formados grupos que passaram a discutir os quatro eixos específicos. Após o debate houve a apresentação das propostas de ação e eleição dos delegados que vão representar o município nas próximas etapas da conferência. Representarão o Poder Público, Mateus Vinicius Dias Souza e seu suplente Tiago Oliveira de Souza. A sociedade civil terá como representantes Dulciene Rabelo da Silva e sua suplente Luzia Maria da Silveira.

Segundo o secretário de Políticas Sociais, Juarez Cunha, o evento contou com o apoio da sociedade córrego-fundense e, por este motivo, foi um sucesso. “Agradeço à equipe do secretaria e, principalmente, à comunidade que abraçou a conferência,” afirmou ele. “Somente com o apoio de todos, poderemos desenvolver políticas públicas que respondam ao anseio da população,” afirmou. Juarez explicou que as deliberações feitas pelos grupos durante a conferência servirão de norte para as ações realizadas pelo Secretaria de Políticas Sociais nos próximos dois anos.

A prefeita também mostrou-se satisfeita pela participação da comunidade. Segundo ela as proposições elaboradas nesta etapa municipal são fundamentais para conhecer as reais necessidades do município. “Com a participação ativa da população poderemos enfatizar ações que tragam condições dignas para todos,” disse ela. “Uma assistência social forte é aquela que ouve a voz da população. Por isso, elegemos a conferência como instrumento de diagnóstico para nosso trabalho,” finalizou a prefeita.

 

(Fotos: divulgação)

Imprimir

Fonte:

Prefeitura de Córrego Fundo