O Cruzeiro quitou, nos últimos dias, boa parte dos salários dos jovens jogadores que estão no elenco profissional e serão aproveitados por Adilson Batista. Segundo apurou o GloboEsporte.com, esses atletas só não receberam, ainda, a folha de dezembro, que deveria ter sido paga no dia 8 de janeiro. A informação foi inicialmente divulgada pelo portal Superesportes.

A medida da diretoria visa que novos atletas entrem na Justiça do Trabalho cobrando as dívidas e solicitando a rescisão unilateral, como aconteceu com o volante Éderson, que era visto como um dos jogadores importantes para esta temporada. David, Thiago Neves e Fabrício Bruno também estão na Justiça contra o clube.

Entre os atletas que tiveram os vencimentos em atraso quitados estão: o goleiro Vinícius, os laterais Weverton e Rafael Santos, os zagueiros Edu e Cacá, o volante Adriano, o meia Maurício e os atacantes Welinton e Vinícius Popó. Falta apenas o salário que venceu em janeiro e se refere à folha de dezembro. Os demais jogadores do profissional não recebem há três meses. Férias, 13º salário e FGTS também não foram pagos.

O Cruzeiro também quitou a totalidade dos salários atrasados dos jogadores das categorias de base, segundo apurou a reportagem. Alguns atletas que estão na Copinha, por exemplo, devem se juntar ao elenco profissional logo depois do fim da competição.

Os funcionários que trabalham com as categorias de base, no entanto, seguem sem receber os atrasados. Eles ainda não receberam parte do vencimento de novembro e do 13º salário, bem como a totalidade do salário de dezembro. Os trabalhadores que tiraram férias nos últimos meses, também não receberam o que teriam direito.

Imprimir

Fonte:

Globo Esporte