Na véspera do jogo entre Cruzeiro e Palmeiras, o atacante palmerense Vágner Love disse que o confronto no Mineirão seria decisivo para as pretensões da equipe do ? Palestra? no restante do Campeonato Brasileiro. E o jogo realizado na noite desta quarta- feira (23), em Belo Horizonte, revelou exatamente o que o jogador esperava.
O confronto entre as duas equipes aconteceu em ritmo acelerado. A equipe do Cruzeiro estava disposta a atacar o rival a todo o momento. O Palmeiras era defensivo e optava por jogar no contra- ataque.
Logo no início do 1º tempo, Kléber foi derrubado na área por Wendel, e o juiz Evandro Rogério Roman não marcou a penalidade. Este incidente iria comprovar o rendimento da arbitragem ao longo de toda a partida. Três minutos depois, os mineiros abriram o placar. Thiago Ribeiro recebeu passe de Henrique em posição legal, avançou sozinho em direção ao gol e balançou as redes do goleiro Marcos do Palmeiras.
Mas os torcedores cruzeirenses nem tiveram tempo de comemorar. Após cobrança com muito efeito de Diego Souza, o goleiro Fábio foi enganado, e tudo igual no Mineirão.
Com o início da 2ª etapa, o jogador Diego Renan perdeu a bola no meio de campo, Cleiton Xavier lançou para Vagner Love, que driblou o goleiro Fábio e marcou o segundo gol palmeirense.
Os jogadores do Cruzeiro estavam revoltados com a arbitragem. O juiz parecia que estava querendo ser o personagem do jogo. Foram pelo menos quatro penalidades não marcadas para a equipe celeste. O time paulista não tinha nada a ver com os fatos polêmicos e procurou administrar a vitória, mesmo com um jogador a menos, após expulsão do colombiano Armero.
O Cruzeiro pressionou o adversário, devido à expulsão. Mas faltava calma para os jogadores. Neste momento, o time comandado pelo técnico Adílson Batista estava com o psicológico abalado, ausência de esquema tático. O time atacava a todo momento.
Com a derrota, o Cruzeiro fica mais distante do G4. O time celeste se encontra na 13º posição há algumas rodadas. Já o Palmeiras, após vencer fora de casa, chega a 47 pontos e abre 3 pontos de vantagem sob o segundo colocado, o São Paulo.

Imprimir