Duraram apenas seis meses e sete jogos a passagem de Henrique pelo Fluminense. Contratado por empréstimo até dezembro, o volante de 35 anos teve o retorno solicitado pelo Cruzeiro, com quem tem contrato até 2021, e recebeu a liberação do clube tricolor. O retorno à Toca da Raposa também foi aprovado pelo técnico Enderson Moreira.

Nesta quarta-feira, o jogador treinou normalmente no CT Carlos Castilho e, ao fim da atividade, se despediu dos companheiros. Ele é aguardado nos próximos dias em Belo Horizonte para se reapresentar ao clube mineiro.

Henrique chegou ao Fluminense em janeiro deste ano por empréstimo de uma temporada. Na negociação, o volante renovou seu contrato com o Cruzeiro até 2021 para ser emprestado ao Tricolor, como uma forma de ainda ter a possibilidade de, posteriormente, encerrar a carreira no clube mineiro, que defendeu ao longo de 12 anos. Quando foi apresentado no Flu, ele chegou a falar sobre a saída da Raposa.

No Flu, o volante assumiu a titularidade logo nos primeiros jogos, mas pouco depois perdeu a vaga no time, tendo sido reserva nas últimas quatro partidas antes da paralisação das competições pela pandemia de coronavírus.

Henrique é o oitavo jogador que mais vestiu a camisa do Cruzeiro, com 516 jogos. De 2008 a 2019 o veterano conquistou dois títulos brasileiros (2013 e 2014), duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e seis campeonatos mineiros (2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019). Desgastado após o rebaixamento à Série B no ano passado, acabou optando por ser emprestado pela Raposa em 2020.

Matéria do Globo Esporte.com

Imprimir
Comentários