Dez integrantes do PAIF (Serviço de Proteção e Atendimento Integrado à Família) participaram de um curso de Rendas, bordados e congêneres – bordado em pedraria, nesta semana.  A oferta do curso foi resultado de uma parceria entre o Cras (Centro de Referência em Assistência Social) de Córrego Fundo, o Senar Minas (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e o Sindicato dos Produtores Rurais de Formiga.  As aulas foram realizadas das 8h às 11h e das 12h às 17h.

 O curso foi ministrado pela instrutora do Senar, Chrystianne Miranda, de Belo Horizonte. Segundo ela, o curso segue a metodologia de que o aluno aprende praticando, aplicando as técnicas e repetindo.

 A aluna do curso Aparecida Rodrigues de Castro comentou que se interessou pelo curso por curiosidade e vontade de aprender. “É uma terapia, faz muito bem para a mente, aprender e praticar. Tenho vontade de fazer bordados em pedraria para vender”.

 Já Dulciene Rabelo da Silva, já trabalha com bordados, disse que foi uma oportunidade para aperfeiçoar seus artesanatos e ampliar seus conhecimentos com novas técnicas. “Estamos aprendendo muito”, destacou.

 De acordo com o psicólogo do Cras, Juarez Geraldo da Cunha, o curso ofertado pode ser uma alternativa de renda extra para as famílias.

 O curso, realizado no Cras, teve carga horária de 40 horas. As participantes receberam um kit do Senar, com uma pasta, caderno, lápis e material para participação no curso como tecidos e miçangas, além do certificado reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação). As alunas ficaram com toda a produção de bordados realizada durante o curso.

Prefeitura de Córrego Fundo

IMPRIMIR