A partir desse semestre, o curso de Direito do Centro Universitário conta com um novo coordenador, o professor Dênio Dutra Barbosa. De acordo com ele, o curso de Direito do UNIFOR?MG possui uma excelente estrutura e conta com o envolvimento de pessoas bastante capacitadas. ?Contamos com professores de alto nível, comprometidos com o curso e envolvidos no processo ensino-aprendizagem. Nossos alunos, em sintonia com o objetivo do curso, desenvolvem, motivados pelos professores, um comportamento investigativo e argumentativo, que, certamente, os habilitará a enfrentar as questões impostas pelo Direito contemporâneo?, afirma.

Apesar do desafio, o professor garante que assumiu a coordenação com certa tranqüilidade, devido às condições favoráveis oferecidas pelo UNIFOR-MG. ?A estrutura física do campus é adequada, o corpo docente bastante qualificado e o projeto pedagógico é de qualidade. Além disso, conta com o Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ), que possibilita a aplicação de atividades práticas e prepara o aluno para o exercício profissional, proporcionando à comunidade de Formiga/MG um serviço de assistência jurídica de qualidade.?

Receptividade
Dênio fala, também, sobre a receptividade dos profissionais do UNIFOR-MG: ?Quando assumi a função, encontrei um ambiente de harmonia e interação entre coordenadores, direção e reitoria. O processo de tomada de decisões pressupõe debate amplo e democrático e toda a comunidade acadêmica é considerada, em seus mais diversos seguimentos. Gostaria de agradecer, também, aos alunos de Direito pela boa receptividade e reafirmo o compromisso de me empenhar, ao máximo, para que o curso mantenha seu padrão de excelência, que é um diferencial oferecido pelo UNIFOR-MG?, diz o professor.

Formação
Dênio é formado em Direito, pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais); pós-graduado (lato senso) em Direito Processual, pela PUC/Minas; pós-graduado (lato sensu) em Direito Público, pela Newton Paiva; e doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Universidad del Museo Social Argentino, na Argentina.

print
Comentários