Da Redação

A proximidade das eleições municipais de 2020, sobre a qual ainda pairam dúvidas de sua realização por causa da pandemia da Covid-19, está provocando uma dança das cadeiras na gestão municipal de Formiga.

De acordo com informações apuradas pelo portal, a primeira baixa (descompatibilização) foi justamente do vice-prefeito e secretário de Educação e Esportes, Cid Corrêa que pretende se candidatar ao cargo de vereador.

Com a saída de Cid, o atual chefe de Gabinete e que já ocupou a chefia da pasta de Desenvolvimento Humano, Jaderson Teixeira assumirá a Educação. Já a chefia de Gabinete ficará sob a responsabilidade do atual diretor do Departamento de Comunicação, Marden Lima, que responderá interinamente pela Diretoria de Comunicação.

Com o remanejamento de Welerson Andrade para atuar em um dos setores da Secretaria de Desenvolvimento Humano, a Ouvidoria Municipal ficará na responsabilidade do servidor Fábio Júnio da Silva.

Rebelião na base do governo

Além da saída de Cid, o editor do UN confirmou com o vereador Marcelo Fernandes a realização de uma reunião, às 15h dessa sexta-feira, entre os vereadores Marcelo e Flávio Couto com o provável candidato à Prefeitura Eduardo Brás. O assunto em pauta é a possibilidade de apoio político.

Imprimir
Comentários