O Cruzeiro encaminha-se a mais uma final de copa. Com isso, a fama de copeiro do time mineiro só aumenta. Mas, não são só palavras, os números confirmam a tese.

Classificado para a final depois de empatar por 1 a 1 com o Palmeiras, no Mineirão, nessa quarta-feira (26) o clube comprovou, mais uma vez, que não vacila quando precisa decidir em casa. Desde que assumiu o Cruzeiro, Mano Menezes já decidiu 14 mata-matas em casa e venceu todos.

Na primeira passagem de Mano pelo time celeste em 2015 o treinador teve como objetivo afastar o time do rebaixamento inédito no Brasileiro.  No ano seguinte comando a equipe na Copa do Brasil, decidindo em casa eliminou o Botafogo e Corinthians, mas caiu para o Grêmio, no jogo de volta em Porto Alegre.

Em 2017, foram seis decisões em casa. Cinco pela Copa do Brasil, eliminando Murici-AL, São Paulo, Palmeiras, Grêmio e Flamengo. No estadual, venceu o América-MG.

Já em 2018, a boa fase seguiu. Pelo estadual despachou Tupi na semifinal e conquistou o título contra o maior rival, Atlético-MG. Pela Libertadores decidiu em casa e eliminou o Flamengo. Fechando a conta, pela Copa do Brasil, mais três: Atlético-PR, Santos e Palmeiras.

Agora mais uma vez na final, o Cruzeiro igualou-se ao Grêmio como time que mais vezes chegou à final. Finalista com o Corinthians o time celeste disputará a oitava decisão da Copa do Brasil. Caso ganhe, irá se tornar o time mais vencedor do torneio na história, com seis conquistas.

 

 

Fonte: Com portais de notícias ||

Imprimir

Comentários