A espera chegou ao fim. Depois de 15 anos de sua última apresentação no Brasil, a cantora norte-americana Madonna deu início à turnê ?Sticky & Sweet?, na noite deste domingo (14), no país. Mesmo debaixo de chuva, a rainha do pop cantou para 70 mil pessoas no estádio do Maracanã, na Zona Norte do Rio de Janeiro.
Para quem aguardava há meses o show desta noite, a recompensa veio em forma de música, efeitos de luzes e muita dança, coisa que Madonna, aos 50 anos de idade, mostrou que ainda sabe fazer muito bem.
A chuva que caiu sobre a cidade se estendeu durante as duas horas do espetáculo. O público não desanimou. ?Essa chuva só veio abençoar essa noite maravilhosa. A Madonna é linda, incrível e uma grande cantora. Esperamos muito por esse dia, não será uma chuvinha que vai acabar com o show?, declarou o fã Marcello da Costa, de 34 anos.
Atlética, elástica e com um corpo de dar inveja a muitas garotas de 20 anos, Madonna usou e abusou da sua vitalidade com o hit ?Into the groove?, ao arriscar manobras de pole dance (dança no poste) sobre a mesa do DJ. Mas antes, ela transformou o palco em um grande ringue de boxe ao som de ?Die another day?.

Um dos momentos mais polêmicos foi durante ?She?s not me?. Madonna fez de tudo um pouco: dançou sensualmente, brincou com um vestido de noiva e até beijou na boca de outras dançarinas. O que ela não contava era com o tombo que levou por causa do palco molhado. Nada que os fãs pudessem se preocupar, já que a musa se levantou em seguida e continuou dançando, como se nada tivesse acontecido.

O momento ?balada? ficou por conta de ?Devil wouldn?t recognize you?. Foi quando o telão de 360º desceu até o palco revelando a sombra da diva sobre um piano. ?Spanish lesson?, na seqüência, iniciou a homenagem de Madonna aos ritmos hispânicos. Um dançarino de flamenco roubou a cena e arrancou gritos das mulheres da platéia.
O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, foi homenageado durante ?Get stupid?, que ressaltou a preservação do planeta. O tic tac? no final da canção foi a deixa para o sucesso ?4 Minutes?. No palco, saem os dançarinos e entram várias projeções do cantor Justin Timberlake, com quem Madonna passa a dividir o palco.
No quesito empolgação, a faixa vitoriosa foi Like a prayer?, que fez vibrar as estruturas do Maracanã. O público, que já não se preocupava com a chuva que não parava de cair, pulou, cantou e bateu palmas. Emocionada, a diva agradeceu:
?Eu só gostaria de dizer que estou muito feliz em estar de volta depois de 15 anos. Obrigado. Eu amo o Rio?, declarou a loura, que ainda completou com um ?Dane-se a chuva?, antes de começar a cantar ?Ray of light?. Em seguida, ela pediu para um fã pedir uma música que não estava no repertório. A canção escolhida foi ?Express yourself?.

O último e mais empolgado bloco terminou com ?Hung up? e ?Give it 2 me?. Após duas horas de show, Madonna deixou o palco ovacionada pelo público carioca. O Game Over estampado no telão anunciou o fim do espetáculo. Madonna provou, mais do que nunca, que quem foi rainha nunca perde a majestade.

print
Comentários