A Defesa Civil de Formiga emitiu um alerta laranja nessa quinta-feira (12), para que a população em geral fique atenta devido a onda de calor que está sobre a região.

Esse fenômeno climático pode matar pessoas e animais, prejudicar culturas agrícolas e atividades econômicas e recreativas.

De acordo com a chefe da Defesa Civil, Vera Moreira, nos últimos três dias, as temperaturas na cidade estão 5 ºC acima do normal, caracterizando essa onda de calor que veio acompanhada de baixíssima umidade relativa do ar, levando ao acionamento do alerta laranja, o segundo mais perigoso na escala de alerta, ficando atrás apenas do alerta vermelho. “A nossa umidade do ar hoje (quinta-feira) está em 19% e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) precisamos de no mínimo 60% para evitar prejuízos ao organismo”, comenta Vera.

A previsão para Formiga nessa quinta é de sol entre nuvens com temperaturas variando entre 21°C e 36ºC.

Grupos de risco

As altas temperaturas podem trazer graves riscos à saúde, em especial, de crianças e idosos e pessoas com problemas cardíacos.

Portadores de má circulação sanguínea, pessoas que fazem uso de diuréticos, ou os portadores de certas afecções cutâneas, os alcoólatras e os obesos também compõem o grupo de maior risco a apresentar complicações devido ao calor, sendo importante que busquem orientação médica para saberem quais as medidas preventivas diante das altas temperaturas.

Precauções

Quando uma onda de calor for anunciada ou estiver acontecendo é importante a adoção de algumas medidas:

· Evite atividades físicas pesadas. Se for necessário executar trabalho pesado, faça-o na parte mais fresca do dia, em geral das 4h às 7h;

· Fique em casa (trabalho, escola, etc.) tanto quanto possível. Se não houver condicionador de ar, fique no andar mais baixo, longe dos raios do sol. Mantenha a casa fresca usando cortinas nas janelas e deixando as janelas abertas à noite. Ventiladores não refrescam o ar, mas secam o suor, o que baixa a temperatura do corpo;

· Outras maneiras de baixar a temperatura do corpo é esfregar-se com toalhas úmidas ou tomar frequentes banhos frios;

· Beba, no mínimo, de dois a três litros d’água por dia, mesmo que não tenha sede. Evite bebidas alcoólicas, carbonatadas, cafeinadas ou mesmo cerveja.

· Evite ingerir tabletes de sal, a menos que seja por orientação do médico;

· Use roupas leves e de cores claras. Estas cores refletem parte da energia do sol;

· Faça refeições ligeiras e com pequenos intervalos. Evite comidas com alto teor de proteínas que aumentam o calor metabólico e a perda de água;

· Ao estacionar o carro, procure deixá-lo numa sombra. Não fique dentro dele e nem deixe crianças e animais dentro de um carro parado;

· Mantenha os animais na sombra e dê-lhes bastante água;

· Evite ou reduza a exposição direta aos raios do sol. Use filtro solar, óculos escuros e chapéu.

Imprimir