No dia 27 de outubro, foi realizada a abertura dos envelopes de documentação das empresas interessadas em participar do processo licitatório, na modalidade concorrência, visando à continuidade da construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h).
Com a abertura dos envelopes a Comissão Permanente de Licitação inabilitou uma empresa e o processo entrou em fase recursal. Dessa maneira, na quarta-feira (9), foram abertos os envelopes com as propostas comerciais da licitação da UPA 24h.
De acordo com a diretora de Compras Públicas, Luciana Alves, a empresa vencedora do processo foi a Construções São Jose Ltda, a obra está estimada em R$1.106.692,40 e o prazo para conclusão é de oito meses a partir da emissão da Ordem de Serviço.
Luciana Alves informou ainda que a expectativa é de que a obra tenha início em aproximadamente 30 dias, isso porque foi aberto o prazo para recursos que termina no dia 18 de novembro. Após esta data, caso alguma empresa apresente o recurso, terá de ser aberto um novo prazo para contra-recurso e, em seguida, o processo também terá de passar pelas etapas: parecer jurídico; parecer técnico; homologação do prefeito; formulação e assinatura do contrato e emissão da ordem de serviço. Somente depois que todas estas etapas forem concluídas é que a obra poderá ter início.
Obra paralisada
O atraso da construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) é assunto decorrente nas reuniões do Legislativo formiguense. A obra teve que ser paralisada no início de agosto, porque a empresa Cubo Engenharia contratada para construir a unidade de saúde alegou estar com problemas financeiros e, por isso, não conseguiu executar o cronograma físico da obra.

Imprimir
Comentários