Da Redação

Três detentos que cumpriam regime na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC), instituição localizada ao lado do Presídio de Arcos, fugiram do local na madrugada desta terça-feira (27).

A ação ocorreu por volta de 1h30, quando os detentos renderam o inspetor de segurança com uma faca, obrigando-o a abrir o portão da frente do estabelecimento. Em seguida, eles furtaram dois telefones celulares e um automóvel Fiat Palio, que foi usado na fuga.

A Polícia Militar foi acionada e rapidamente iniciou o rastreamento. Informações também foram repassadas às frações vizinhas.

Pouco tempo depois, os policiais que realizavam as buscas pelos foragidos foram avisados de que o carro furtado havia ‘furado’ o cerco feito pelas viaturas de Lagoa da Prata.

Os militares de Arcos já estavam a caminho e chegaram a visualizar o veículo em fuga. Houve perseguição policial e os criminosos, para evitar a prisão, abandonaram o carro nas proximidades do trevo de Lagoa da Prata, na MG-439, sentido a Santo Antônio do Monte, entrando em um matagal logo em seguida.

O inspetor de segurança, de 35 anos, apesar do abalo emocional, não ficou ferido. O carro e os dois telefones foram recuperados pela PM e o rastreamento prossegue na tentativa de prisão dos autores já identificados: um deles tem 24 anos e é de Governador Valadares-MG; o outro, também de 24 anos, é de Lagoa da Prata-MG; e o terceiro, de 27, é da cidade de Serrana-SP.

print

Comentários