Oitenta internos do Complexo Público Privado Penitenciário de Ribeirão das Neves iniciam, na segunda-feira (26), os cursos técnicos a distância de Informática e Segurança do Trabalho.

Os cursos serão ministrados em três semestres, num total de 18 meses, com previsão de formatura para dezembro de 2017. O objetivo principal é a capacitação, visando a reinserção social dos detentos.

Os cursos têm 80% das aulas realizadas a distância, acompanhadas por tutores/professores e 20% em encontros presenciais mensais entre os alunos e os tutores, no próprio presídio, para a realização das avaliações. O programa prevê ainda 400 horas de estágio para o curso de Segurança do Trabalho, que serão cumpridas nas empresas instaladas no interior do complexo.

As aulas foram concretizadas por meio de parceria entre a Fundação de Educação do Trabalho (Utramig), a MRV Engenharia e a GPA – Gestores Prisionais Associados e exigiram investimentos da ordem de R$ 250 mil, custeados pela construtora.

“A função de uma pena é reeducar para ressocializar. Com este convênio, o Governo de Minas Gerais contribui para que o detento seja ressocializado, recebendo uma qualificação técnica que dará a ele um currículo para o seu futuro”, afirma o presidente da Utramig, Lindomar Gomes.

A diretora de Ensino a Distância da Utramig, Tatiane Soares de Paula, adianta que outras propostas para a execução de cursos em presídios de Minas Gerais estão em processo de elaboração.

Nos meses de junho e julho, os 80 alunos do complexo frequentaram dois cursos online de Língua Portuguesa e Matemática, no ambiente virtual de aprendizagem (AVA), para a sua ambientação com as ferramentas dos cursos a distância.

 Os cursos

 Técnico em Informática

O Curso Técnico em Informática – EAD forma técnicos capacitados para organizar bancos de dados; especificar configurações; instalar computadores; instalar e utilizar softwares; instalar e configurar redes locais de computadores; desenvolver websites simples e realizar manutenções básicas em sistemas de Informática. A modalidade a distância tem carga horária de 1.310 horas, sendo 100 horas destinadas a atividades complementares.

 

Técnico em segurança do trabalho

O Curso Técnico em Segurança do Trabalho – EAD forma profissionais aptos em aplicar a legislação trabalhista relacionada à segurança e à saúde do trabalhador e capazes de identificar os principais riscos de acidentes, estabelecendo métodos de prevenção no ambiente de trabalho. Também capacita na identificação das principais causas de doenças ocupacionais; na organização de planos de prevenção e na correção de sistemas de segurança no ambiente de trabalho. A carga horária do curso é de 1.621 horas, com 400 horas destinadas a estágio supervisionado.

IMPRIMIR

Fonte:

Segov