O Detran de Minas informou que 3,9 milhões de carros estão em débito na taxa de licenciamento, o prazo final para o pagamento foi nessa sexta-feira (31). De acordo com a entidade, existem 8,9 milhões de veículos em condições de licenciamento no Estado.

Os proprietários de veículos com final de placas 1, 2, 3,4 e 5 poderão portar o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) 2016 até o dia 31 de maio, para os de placas finais 6,7,8, 9 e 0, o prazo é 30 de junho.

O CRLV será enviado pelos Correios, com Aviso de Recebimento (AR). Havendo débito e/ou irregularidade cadastral, o CRLV 2017 não será emitido e o proprietário será informado, desde que o endereço esteja atualizado no sistema do Detran-MG. Após três tentativas de entrega não realizadas, o documento será encaminhado para a Unidade de Atendimento Integrado (UAI), nos municípios onde existem estes postos. Nas demais cidades, o documento fica disponível para o proprietário do veículo nas Delegacias de Trânsito.

O diretor do Detran-MG, Rogério de Melo Franco Assis Araújo, alerta que, de acordo com o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro ( CTB), conduzir veículo que não esteja registrado e devidamente licenciado é infração gravíssima, cujo valor é R$ 293,47, além de 7 pontos na carteira e remoção do veículo.

O Detran-MG informa também que enviou comunicado indicando prazo para licenciamento dos veículos registrados em Minas Gerais aos órgãos e às entidades do Sistema Nacional de Trânsito, inclusive de outros estados, por meio do Denatran.

Em caso de não recebimento da documentação, é possível consultar no site  do Detran-MG, em “consulta situação do veículo” – informações acerca dos motivos do não licenciamento.

Lei

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) informa que o veículo é considerado licenciado após a quitação dos débitos do Imposto de Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), Seguro Obrigatório, Licenciamento e multas. Quem está em atraso com os tributos ainda pode fazer o pagamento nas redes bancárias credenciadas. Para impressão da segunda via do boleto de multa, o cidadão poderá acessar o site do Detran-MG.

 

Fonte: Hoje em Dia ||

Imprimir

Comentários