O Detran vai oferecer 1.000 novas vagas para as provas de direção para suprir a demanda dos candidatos aos exames que estão quase com o prazo vencendo para se fazer a prova, mas ainda não conseguiram marcar a avaliação.

A medida visa suprir a lacuna que se formou com a saída dos cerca de 180 examinadores aposentados em todo o Estado, devido a recomendação do Ministério Público de Minas Gerais.

Ainda conforme o órgão, semanalmente eram oferecidas 3.400 vagas para os exames, mas com a determinação do MPMG, os exames caíram para 2.200 por semana, o que dificulta a marcação das provas pelos candidatos. Com a liberação de 1000 vagas extraordinárias para marcação dos exames a partir do dia 31 de agosto, as provas deverão ser realizadas também no período da tarde. Antes, elas geralmente eram marcadas no período da manhã ou da noite.

Além disso, 220 examinadores que estavam em treinamento começarão a atuar na capital no início de outubro, e outros 300 no interior, o que deve normalizar a oferta de vagas para os exames de habilitação, conforme espera o Detran.

 

 

O Tempo Online

Imprimir