Nesta segunda-feira (6), é comemorado o Dia de Santos Reis, data que celebra, conforme a tradição católica, a visita dos três reis magos – Baltazar, Belchior e Gaspar – ao recém-nascido menino Jesus.

A data encerra oficialmente os festejos natalinos e com isso o presépio e a árvore de natal devem ser desmontados.

Para a Igreja Católica o dia marca o início do chamado “tempo comum”, até a chegada do período quaresmal, que neste ano será entre os dias 26 de fevereiro e 9 de abril, antecedendo a Páscoa.

O Dia de Reis é celebrado de formas diferentes em diversos países. Realização de simpatias com romã, confecção de bolo ou rosca de reis são algumas das comemorações.


Conheça como diferentes nações celebram a data:  

Itália

Reza a lenda italiana que uma bruxa chamada Befana abrigou os reis magos. Eles a convidaram a seguir a estrela de Belém, mas ela recusou a oferta. Arrependida, passou a distribuir doces a crianças – até hoje, os pequenos deixam meias na lareira à espera dos quitutes da velhinha.  

Portugal

Os portugueses fazem o famoso bolo de reis, que contém frutas cristalizadas e um caroço de fava. Conforme a tradição, a pessoa que encontra a fava tem sorte no próximo ano e fica a cargo dela levar o bolo na comemoração do ano seguinte. 

França e Canadá

Franceses e canadenses chamam o bolo do Dia de Reis de galette des rois. O doce contém um brinde no seu interior (o mais comum é um bonequinho). A pessoa que comer a fatia premiada é rei por um dia, pois ganha uma coroa de papelão que acompanha a gallete. 

Espanha

Antes de dormir na noite de 5 de janeiro, as crianças espanholas deixam na janela um sapato cheio de capim para que os camelos dos reis magos se alimentem durante a viagem. Em troca, “os magos” deixam doces, que elas encontram ao acordar. 

Brasil

Em todo o Brasil ocorrem festas folclóricas de folia de reis, que variam conforme a região. É costume que companhias passem de casa em casa cantando versos e tocando instrumentos musicais. Em troca, os moradores oferecem alimentos.

Simpatia

Quem nunca ouviu falar na simpatia da romã? Ritual de comer, jogar fora e guardar sementes em louvor a Gaspar, Belchior e Baltazar é tradição no Brasil e no exterior. Cada um tem seu jeito particular de fazer a simpatia do Dia de Reis. Nesses tempos de crise, não custa nada apostar na sorte.

Pelo ritual, a pessoa deve engolir três caroços, jogar o mesmo número para trás e guardar o mesmo tanto na carteira. E ir repetindo a frase: “Gaspar, Belchior e Baltazar, que o dinheiro não venha me faltar”. Há ainda quem dobre a contagem, fazendo com seis sementes, numa referência ao dia 6, quando os Reis Magos visitaram o Menino Jesus. Além do dinheiro, são feitos pedidos de amor, saúde, paz e tranquilidade

 

Fonte: Com portais de notícias ||
Imprimir
Comentários