Muitos religiosos amanheceram nesta quarta-feira (25) comemorando o Dia de São Cristovão, santo protetor dos motoristas, caminhoneiros, taxistas e de todos os transportadores.
Cristóvão significa aquele que carrega Cristo ou porta-Cristo. De acordo com uma lenda, Cristóvão era um gigante com mania de grandezas. Ele supunha que o rei a quem ele servia era o maior do mundo. No entanto, em dado momento da vida, Cristovão veio a saber que o maior rei do mundo era Satanás.
Com a descoberta, o santo colocou-se a serviço deste. No entanto, após se informar melhor, descobriu que o maior rei do mundo era Deus, já que um ermitão o mostrou que a bondade era a coisa mais agradável ao Senhor. Assim, São Cristóvão resolveu trocar a sua mania de grandeza pelo serviço aos semelhantes. Normalmente, o santo usava sua imensa força para baldear pessoas em um rio.
Durante uma noite, um menino pediu para São Cristovão que o transportasse à outra margem do rio. Apesar de exausto, o santo resolveu levar o menino, que a princípio era leve, mas foi se tornando cada vez mais pesado, tanto que Cristóvão precisou de um cajado para conseguir fazer a travessia. Quando chegaram, Cristóvão falou que sentia-se como se houvesse transportado todo peso do mundo. Foi aí que o menino lhe disse a seguinte frase: Tiveste às costas, mais do que o mundo inteiro. Transportaste o Criador de todas as coisas. Sou Jesus, aquele a quem serves.
Nos anos entre 250 e 300, São Cristovão sofreu martírio na Síria, onde pregava na cidade de Lícia.

Imprimir
Comentários