Nesta sexta-feira (20) é comemorado o Dia Nacional do Fusca, que começou a ser produzido no Brasil em 1959. Chamado inicialmente de VW Sedan, o modelo foi fabricado até 1986. Depois, no governo Itamar Franco, o Fusca voltou às ruas, mas foi retirado de linha definitivamente em 96 e abriu espaço para a chegada do New Beetle em 98.
O design, o nome e o barulho do motor são inconfundíveis. O fusca é um dos carros mais queridos do Brasil e, possivelmente, o mais conhecido. Ele possui tantos fãs que tem até uma data especial, e o país inteiro comemora o Dia Nacional do Fusca.
Com uma das histórias mais compridas da indústria automobilística, o carro, concebido por Ferdinand Porsche na Alemanha da década de 30, conquistou enorme sucesso com seu desenho inovador. Seu último modelo foi produzido no México em 2003.
Volkswagen, seu nome original, não poderia ter melhor significado: carro do povo, simplificado no Brasil com o apelido de Fusca.
Além disso, a ideia de comemorar uma vez por ano o Dia do Fusca partiu do Fusca Clube numa associação com a Volkswagen, fabricante do veículo. Em 1988, eles realizaram o primeiro evento no pátio da fábrica em São Bernardo do Campo (SP), cidade onde nasceu o carro no Brasil. A data do evento entrou para o calendário oficial do munícipio e ganhou adeptos de todo o país.
Paixão
Para Roney Celso Ianonne, 51, engenheiro e atual presidente do Fusca Clube do Brasil, o segredo de seu sucesso é o carisma. ?O fusca é carismático. Todo mundo gosta. Até jovens e crianças, que não vivenciaram o momento do fusca, são atraídos pelo modelo?.
Dono de mais de 10 fuscas, Roney comprou seu primeiro carro como colecionador em 1996, um modelo nacional do ano de 1962. Ele se apaixonou e não parou de colecionar a marca. Seu modelo mais antigo é um carro de 1951.
Mas sua ligação com o fusca vai além de suas coleções. ?Eu vivi o fusca. Minha geração viveu o fusca. Ele é minha paixão e marcou minha vida. O fusca representa meu primeiro carro, minha primeira noitada, minha primeira namorada?.
E, como presidente do Fusca Clube do Brasil, Roney também pode gabar-se de outras marcas: ?O clube detém o recorde mundial de maior concentração de fuscas. Por volta de 1995, conseguimos reunir mais de 2.500 veículos, recorde jamais superado por qualquer outro evento?, afirma.

Imprimir
Comentários