A diabetes e a hipertensão são doenças crônicas não transmissíveis. Elas estão em constante associação devido à frequência em que ocorrem e por serem consideradas problemas de saúde pública no mundo. Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde, ações de orientação e prevenção dessas doenças.

Na quinta-feira passada e nessa terça-feira (27), foram realizadas palestras direcionadas a diabéticos e hipertensos em Formiga. A primeira ocorreu no Salão Paroquial da Igreja São Sebastião, no bairro Ouro Negro, e a segunda na UBS Álvaro Bezerra de Menezes, no Centro.

No Ouro Negro, a palestra foi ministrada pela enfermeira Dagmar Patrícia Palhares Santos. Cerca de 30 pessoas participaram da reunião, que contou ainda com um debate sobre o tema e a exibição de um vídeo explicativo sobre os cuidados com a alimentação de pacientes diabéticos. Na ocasião, técnicos de enfermagem e a farmacêutica Sueli Mezencio Moreira fizeram aferição de pressão arterial e glicemia.

Na palestra dessa terça, o médico João Marcos Lopes Silva e a enfermeira Maria Inês Macedo ressaltaram a importância dos cuidados que os pacientes devem ter com os membros inferiores (pés) devido à perda de sensibilidade ocasionada pela má circulação sanguínea, além da dificuldade de cicatrização de feridas e aparecimento de calos nos portadores da doença. A palestra contou com a participação de aproximadamente 20 pessoas, que, logo depois, passaram por uma consulta com o médico.

Imprimir
Comentários