A manhã desta sexta-feira (18), foi marcada com o início do 16º  Fórum Regional que está ocorrendo em Divinópolis.

O evento conta com a presença do governador do Estado, Fernando Pimentel e com 33 prefeitos da região, além de diversos secretários de governo e representantes dos vários setores como: industrial, político, de ONGs, de sindicatos de associações.

O objetivo do encontro é ouvir a sociedade organizada e também os prefeitos sobre suas necessidades e urgências. O início do evento foi marcado pela manifestação de profissionais da educação que pedem atenção especial para a área.

servidores educação

 

Em nome dos prefeitos, Leonardo Carvalho, chefe do Executivo de Iguatama e presidente da ANVi, saudou o governador e agradeceu pela instalação do fórum regional em Divinópolis. Ainda em sua fala, o prefeito reclamou da centralização de recursos em Brasília e lembrou que os municípios não conseguem pagar funcionários. “Em Iguatama cortamos 50% dos salários de prefeito, vice, secretários e cargos de confiança”, disse.

Leonardo citou ainda a crise na Santa Casa de Formiga, que atende toda a região. Ele criticou o que chamou de ‘ambulancioterapia’,  que não soluciona problemas de saúde, e pediu que o Estado invista em hospitais menores. Parabenizando a iniciativa de ouvir a sociedade, o prefeito de Iguatama disse que “fóruns regionais ouvindo as populações são o caminho”.

Em seguida, Afonso Gonzaga, da Fiemg regional, fez uso da palavra e pediu que o governador traga um gasoduto para a região. A instalação do projeto Cidade tecnológica em Divinópolis é outra reivindicação. Afonso reclamou ainda, da morosidade dos processos ambientais na Supram. “Tem muito processo parado. Faltam técnicos. Estão atrasando os projetos  gerando desemprego”, afirmou.

O deputado federal Jaime Martins também fez uso da palavra e lembrou que está no sexto mandato e que tem representatividade para dar boas vindas ao governador. Falou da queda de receita, o que não tira o ânimo do governo de visitar todas as regiões do Estado em busca de soluções. Lembrou que o hospital São João de Deus atende  a um milhão e duzentos mil habitantes. Agradeceu o aumento de leitos de 20 leitos de UTI , mais a sala vermelha e R$ 17 milhões.  O deputado ainda aproveitou sua fala para pedir ajuda para hospital público de Nova Serrana e para a Santa Casa de Formiga.

jaiminho

Nomeação de concursados

Durante o Fórum, o governador divulgou que determinou a nomeação de 1080 aprovados em concurso público para o cargo de investigador de polícia 1.

Déficit do Estado

O número apresentado pelo governo deixou muita gente preocupada. De acordo com Pimentel, atualmente o déficit do estado está na casa dos R$ 7 bilhões e R$ 200 milhões.

Diante de tamanha crise, a proposta é que, durante o fórum, cada região determine sua prioridade de investimento.“Vamos trabalhar todos juntos”, disse Pimentel.

  O governador lembrou ainda, que no estado há 4600 licenciamentos parados. “Vamos simplificar tudo. Desburocratizar os procedimentos ambientais”, disse, ao tratar sobre licenciamento ambiental.

 A tarde o evento discutirá o Plano Plurianual de Governo.  

Redação do Jornal Nova Imprensa

IMPRIMIR