A atual diretoria do Cruzeiro está perto de anunciar seu primeiro reforço para a temporada 2020. O lateral-esquerdo João Lucas, de 28 anos, que defendeu o Ceará nas duas últimas temporadas,  deve assinar um contrato até o final do ano com a Raposa.

O acerto com o jogador foi revelado pelo diretor de futebol do clube estrelado, Ocimar Bolicenho, no evento de lançamento do prêmio “Melhores do Mineiro”, promovido pela Rede Globo, nessa quinta-feira (16), no Minas Tênis clube.

O dirigente afirmou que João Lucas é esperado em Belo Horizonte, neste sábado, para realizar exames médicos e sacramentar o vínculo com o Cruzeiro, e ainda revelou que, com essa nova contratação, a tendência é de que Marcelo Hermes, que atua na mesma posição, seja emprestado novamente. 

Na reapresentação do time, no dia 6 de janeiro, o zagueiro Ramon, que estava no Vitória, foi a novidade. Entretanto, o jogador acertou a vinda para a equipe celeste com a diretoria anterior, ainda no ano passado. Como os vencimentos acordados com defensor estão acima do teto salarial de R$150 mil, estipulado pela atual cúpula do clube, a permanência do zagueiro na Toca da Raposa II ainda está indefinida. 

Incertezas

Em meio as negociações com os jogadores do elenco que recebem salários acima do limite determinado pelo conselho gestor da Raposa, Bolicenho afirmou que o goleiro Rafael e o zagueiro Manoel fazem parte do planejamento para a temporada e vão continuar no clube.

“O Rafael já permaneceu, já deu o fico. Nós vamos com os dois goleiros na temporada.(O Manoel) Também está garantido, está nessa espinha dorsal para começar o Campeonato”

Já sobre Rodriguinho, o dirigente afirma que ainda não há uma decisão definitiva, mas indiciou a presença do meia – que vem treinando como titular – na estreia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro, contra o Boa Esporte, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Mineirão.

“Não tem uma definição, mas Rodriguinho  está disposto, treinando, e, com certeza vai estar presente no primeiro jogo do Cruzeiro no ano. Não há uma definição ainda, mas ele está cumprindo o seu contrato da forma com que a gente espera”, completou Bolicenho.

Em situações similares aos jogadores citados, o goleiro Fábio, o lateral-direito Edílson e o zagueiro Léo tamém já garantiram que seguem no clube em 2020. 

Ariel Cabral e Dedé

Por fim, o diretor de futebol do Cruzeiro adotou um tom misterioso sobre a situação do volante argentino Ariel Cabral, que está no sei país natal resolvendo problemas particulares.

“Ariel Cabral ganhou uma folga de três dias para resolver problemas pessoais na Argentina, mas pode ser que na volta ele traga alguma novidade para a gente”, disse o dirigente, fazendo referência a possíveis propostas que poderiam chegar pelo jogador.

Já sobre o zagueiro Dedé, o dirigente foi incisivo, revelando a iminente saída do defensor.

” O Dedé está definido. Desde o começo, ele se posicionou que está procurando um novo clube para jogar nesta temporada”.

Imprimir

Fonte:

Hoje em Dia