Sérgio Lasmar, diretor do SAAE, convidado pela Câmara Municipal para explicar os motivos que o levaram a desativar chafarizes nesta cidade e certamente, responder sobre hidrometração e outros assuntos de interesse da população, relativos às atividades do SAAE, encaminhou ao Poder Legislativo, correspondência solicitando prorrogação de sua oitiva, alegando compromissos anteriormente assumidos.
Assim sendo, o affair PT/Sérgio ganha mais um fôlego já que neste prazo deve aumentar a pressão de usuários que se acham insatisfeitos com as atitudes tomadas pelo SAAE, especialmente com a inconstância no fornecimento, o que, pode agravar em função das condições climáticas e metereológicas, desfavoráveis.

Imprimir