Uma mulher de 24 anos, que trabalha na sede do Centro de Referência de Assistência Social (Cras I), localizado à rua Eunézimo Lima, no bairro do Rosário, foi surpreendida na segunda-feira (19) quando chegou ao local de trabalho.
Segundo ela, o vidro da porta de uma sala estava quebrado e objetos espalhados pelo chão. Quando foi verificar o que havia acontecido, percebeu que materiais e alimentos haviam sido furtados.

Imprimir
Comentários