O Centro de Estatística e Informações (CEI) da Fundação João Pinheiro (FJP) divulgou na quarta-feira (16) os resultados de 2007 do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios mineiros, trabalho realizado sob coordenação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação à distribuição espacial, o PIB, que representa a soma da produção de bens e serviços, mostrou-se bastante concentrado, com 24,7% gerados por dois municípios ? Belo Horizonte (15,8%) e Betim (8,9%) ? e apenas 5% gerados por 448 dos 853 municípios do Estado.
Em 2007, Minas Gerais registrou PIB superior a R$ 241,29 bilhões a preços correntes, 19.273.533 habitantes e 853 municípios. O crescimento real do PIB mineiro foi de 5,6%, enquanto o valor per capita aumentou 6,7%.
O ranking dos dez municípios de maior participação no PIB estadual em 2007 apresentou pequenas alterações em relação a 2006. Sete municípios mantiveram suas posições em 2007. Contagem e Uberlândia, que ocuparam respectivamente a terceira e a quarta colocações em 2006, inverteram suas posições.
PIB per capita
A geração de energia elétrica foi a principal atividade de cinco entre os dez municípios de maior PIB per capita em 2007. Esses municípios (Araporã, Fronteira, São João Batista do Glória, São José da Barra e Indianópolis) localizam-se nas regiões Triângulo e Sul, onde estavam instaladas as maiores hidrelétricas do Estado. Com exceção de Betim, Ouro Branco e Extrema, todos possuíam população inferior a 14 mil habitantes. O valor do PIB per capita para estes municípios variou entre R$ 45.555 (Extrema) e R$ 196.542 (Araporã).
Já os dez municípios com menor PIB per capita em 2007 caracterizaram-se pela pequena participação na população total do Estado e atividade econômica centrada em serviços, com predominância da administração pública. Cinco deles pertencem à região Jequitinhonha-Mucuri (Setubinha, Chapada do Norte, Ladainha, Francisco Badaró e Jenipapo de Minas) e os outros cinco à região Norte (São João das Missões, Padre Carvalho, Bonito de Minas, Lontra e Fruta de Leite). Para esses municípios, o valor per capita do PIB variou entre R$ 2.431 (São João das Missões) e R$ 2.823 (Fruta de Leite).
Formiga e região
Entre as cidades vizinhas a Formiga, a que apresentou o maior PIB per capita em 2007 foi Iguatama, com R$6.263,35; seguida de São Sebastião do Paraíso (R$5.227,81) e Piumhi (R$ 5.215,71). Em um ranking com 19 municípios da região, Formiga ocupou a 11ª posição, com o PIB de R$ 3.578,11 (confira o quadro). Das cidades da região relacionadas, a que apresentou menor Produto Interno Bruto foi Moema, com R$2.646,26.

Imprimir
Comentários