O proprietário de uma padaria, no bairro Quinzinho, acionou a Polícia Militar na noite de quinta-feira (15).

Ele relatou que no dia anterior, uma jovem de 23 anos e uma adolescente, de 15 anos, foram abordadas por um indivíduo. Ele colocou uma das mãos dentro da camisa, simulando estar armado, e disse que se não entregasse todo o dinheiro mataria as duas.  

Um dos funcionários chegou frustrando a ação do indivíduo, que fugiu tomando rumo ignorado.

O dono do estabelecimento contou aos militares que devido ao nervosismo não acionou a PM, no dia do ocorrido.

Posteriormente, ao visualizar os sistemas das câmeras de segurança do comércio, percebeu que a ação foi gravada. O suspeito já é bastante conhecido no meio policial pela prática de furtos e roubos.

 

Ainda segundo o solicitante, havia outro indivíduo que estava do lado de fora do estabelecimento dando cobertura para o suspeito. Foi registrada a ocorrência policial sobre o fato, porém ninguém foi localizado.

Redação do Jornal Nova Imprensa Polícia Militar

Imprimir
Comentários