A Prefeitura de Arcos iniciou a aplicação de multas aos proprietários de lotes e terrenos que se encontram sujos e em desacordo com o Código de Posturas da cidade. O prazo emitido pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica e Fiscalização do município foi entre os dias 20 e 30 de dezembro.

Esses imóveis se encontram no Centro, Jardim Bela Vista, Planalto, Eldorado, Juca Dias, São Judas, Juá Jardim Canadá, Brasília, Macedos e São José. De acordo com os termos previstos na Lei 2.253/09, o valor da multa é de R$293,70.

Segundo a Prefeitura, o trabalho dos fiscais do Código de Postura segue no sentido de combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor do vírus da dengue.

O último Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) do município, divulgado em outubro de 2019, apontou 2,1%, sendo considerado, de acordo com o Ministério da Saúde, como de Médio Risco.

Conscientização

O que também tem chamado a atenção dos fiscais é a falta de conscientização por parte de uma parcela da população, que ainda joga lixo às margens de vias públicas.

De acordo com o Serviço de Vigilância, essa atitude ocasiona sérios problemas para o meio ambiente, como entupimentos de bueiros e contaminação de rios e nascentes, além de acumular recipientes que servem de criadouro do mosquito. “Precisamos despertar o senso de responsabilidade em tirar 10 minutos por semana para monitorar nossa residência, principalmente os quintais”, alerta.

Ajuda mútua

É fundamental que a comunidade entre nesta luta de verdade, já que, ainda de acordo com o LIRAa, a maioria dos focos observados na cidade se encontra em imóveis habitados (90%).

Imprimir

Fonte:

Prefeitura de Arcos