A 241ª Companhia da Polícia Militar de Arcos divulgou nesta segunda-feira (16) o resumo das ocorrências registradas durante o período de feriado prolongado.

De acordo com a PM, foram registradas ocorrências de atrito verbal, perturbação do sossego, tráfico de drogas, acidentes, infrações de trânsito, ameaça, lesão corporal e furtos.

Quatro homens, sendo três de 20 e um de 21 anos, naturais de Formiga, foram presos por furto de uma placa de sinalização de trânsito na madrugada de sexta-feira (13). A ocorrência foi registrada na avenida Progresso, altura do bairro Olaria. Já na madrugada de sábado (14), dois homens foram presos por tráfico de drogas no bairro Brasília. A ocorrência começou depois que os suspeitos foram flagrados pelas câmeras do ‘Olho Vivo’ manuseando objetos que poderiam ser drogas nas proximidades de uma loja de conveniência na avenida Magalhães Pinto. Os militares abordaram os homens, de 21 e 25 anos. Eles possuem várias passagens pela polícia pelo crime de tráfico de drogas.

Foram encontradas com os jovens duas porções de cocaína. Os dois tentaram fugir, mas foram contidos e presos em flagrante e conduzidos para a Delegacia de Formiga, ficando sob custódia da Polícia Civil.

Foto: Divulgação/PM

No domingo (15), um adolescente de 16 anos foi apreendido por tráfico de drogas, também na loja de conveniência. As câmeras do ‘Olho Vivo’ registraram quando ele repassou um embrulho para três homens, que saíram do local rapidamente.

O jovem foi abordado com dois tabletes de maconha. Ele disse que adquiriu a droga em Iguatama. O menor infrator foi apreendido no ato. A mãe dele acompanhou a ocorrência.

Ainda segundo a PM, dezenas de pessoas foram vítimas de uma quadrilha especializada em furto de celular, bolsas e carteiras, na noite de sábado (14), durante um show, no parque de exposições de Arcos.

Os conhecidos ‘batedores de carteira’ atuaram mais uma vez num evento com grande aglomeração de pessoas e os 70 seguranças contratados pelos organizadores do evento não conseguiram impedir a ação dos bandidos.

A Polícia Militar ressalta que eventos particulares não podem contar com a presença da PM permanentemente, visto que a polícia é responsável pela segurança pública e não pode deixar de atender à população do município para disponibilizar efetivo a um evento privado. A responsabilidade pela segurança da população no interior do parque de exposições é exclusiva de quem organiza o evento. Mesmo assim, o turno de serviço foi reforçado com o empenho de militares que estavam de folga e nenhum furto de veículo ou furto a residência foi registrado na noite de sábado e manhã de domingo.

IMPRIMIR