Os servidores efetivos do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) 1ª Instância, da Comarca de Formiga paralisaram os trabalhos nesta quinta-feira (22), em adesão à greve geral nacional da categoria.

De acordo com o comunicado dos profissionais, a paralisação se deve aos ataques que tramitam no Congresso Nacional contra os direitos da classe trabalhadora, dentre os quais congelamento salarial por mais de 20 anos (PLP 257/2016 agora PLC 54/2016; PEC 241/2016); terceirização da atividade fim (Projeto de Lei 4.330/04), além das anunciadas reformas da Previdência e Trabalhista, que o Governo Federal pretende encaminhar ao Congresso nos próximos dias.

A paralisação foi realizada apenas na quinta. Nesta sexta-feira (23) os servidores retomaram as atividades.

Atualização 15h25.

Imprimir

Comentários