Em jogo de reencontros no Horto, Atlético atropela o Vasco pelo Campeonato Brasileiro

Riascos, ex-Tijuana e hoje no time carioca, e o visitante Diego Tardelli, atualmente no Shandong Luneng, foram atrações no jogo totalmente dominado pelo Galo

Riascos, ex-Tijuana e hoje no time carioca, e o visitante Diego Tardelli, atualmente no Shandong Luneng, foram atrações no jogo totalmente dominado pelo Galo

No retorno ao Independência, o Atlético ratificou a força do Horto. No reencontro com Riascos, o Galo mais uma vez foi protagonista. Na visita de Diego Tardelli, a massa fez a festa. Foi um roteiro perfeito. Absoluto no jogo, o Atlético passou por cima do Vasco, aplicou 3 a 0, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

A reedição do duelo Victor x Riascos não aconteceu. O goleiro, que virou ?santo? ao defender a cobrança de pênalti do colombiano na Libertadores 2013, não teve trabalho. Já Thiago Ribeiro, duas vezes, e Dátolo, obrigaram o goleiro Martín Silva, que estava no Olímpia na decisão do torneio sul-americano, a buscar a bola nas redes três vezes, todas no primeiro tempo.

O Galo agora tem um compromisso fora de casa. Na quarta-feira, a equipe encara o Avaí,e m Florianópolis. Já o Vasco tenta se reerguer contra a Ponte Preta no Rio de Janeiro.

O Jogo

Foi uma tarde de reencontros no Independência. A volta do Atlético ao Horto depois de 25 dias. A presença de Martin Silva e Riascos, respectivamente ex-goleiro e ex-atacante do Olimpia e Tijuana, personagens marcantes da campanha alvinegra na conquista da Libertadores. A visita de Diego Tardelli, ídolo da massa e hoje atleta do Shandong Luneng, da China. Ingredientes para empolgar o torcedor e impulsionar o Galo contra o Vasco.

Os cariocas até esboçaram ameaçar a festa atleticana. Mas o ímpeto vascaíno durou poucos minutos. Assim que o Atlético se organizou em campo, foi um baile no time de São Januário. O Vasco começou a dançar conforme a música ?Caiu no Horto, ta morto? a partir dos 11 minutos, quando Thiago Ribeiro abriu o placar com um chute da entrada da área.

Não deu tempo de respirar, aos 19, o Galo ampliou. Foi uma jogada que envolveu todo o ataque mineiro. O lance começou com Giovanni Augusto, passou por Dátolo, Thiago Ribeiro, novamente Giovanni Augusto, Luan, Lucas Pratto e terminou com o gol de cabeça marcado por Dátolo. Na comemoração, o argentino apontou para o visitante Tardelli.

Até chegar ao terceiro gol, o Atlético perdeu chances com Pratto e Leonardo Silva. Mas, aos 43 minutos, Luan cruzou da entrada da área e Thiago Ribeiro completou: 3 a 0.

A etapa final começou com baixas nas duas equipes. Durou 45 minutos o retorno de Riascos ao Independência. Ele sacado para entrada de Yago. No Galo, Giovanni Augusto, com uma torção no tornozelo esquerdo, deu lugar a Leandro Donizete.

Depois de quase marcar o quarto gol, evitado por Martin Silva no chute de Douglas Santos, o Atlético perdeu mais um atleta. Aos sete minutos, Dátolo, com dores na coxa direita, saiu para a entrada de Dodô.

O Galo seguiu criando chances. Aos 10 minutos, Donizete lançou Lucas Prato na área. O atacante dominou e bateu para fora. Cinco minutos depois, o Vasco balançou as redes, mas Yago estava na ?banheira? e o impedimento foi marcado. Em seguida, Thiago Ribeiro, duas vezes, Pratto e Carlos César tiveram oportunidades para ampliar.

print
Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Em jogo de reencontros no Horto, Atlético atropela o Vasco pelo Campeonato Brasileiro

Riascos, ex-Tijuana e hoje no time carioca, e o visitante Diego Tardelli, atualmente no Shandong Luneng, foram atrações no jogo totalmente dominado pelo Galo.

Riascos, ex-Tijuana e hoje no time carioca, e o visitante Diego Tardelli, atualmente no Shandong Luneng, foram atrações no jogo totalmente dominado pelo Galo.

No retorno ao Independência, o Atlético ratificou a força do Horto. No reencontro com Riascos, o Galo mais uma vez foi protagonista. Na visita de Diego Tardelli, a massa fez a festa. Foi um roteiro perfeito. Absoluto no jogo, o Atlético passou por cima do Vasco, aplicou 3 a 0, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

 

A reedição do duelo Victor x Riascos não aconteceu. O goleiro, que virou “santo” ao defender a cobrança de pênalti do colombiano na Libertadores 2013, não teve trabalho. Já Thiago Ribeiro, duas vezes, e Dátolo, obrigaram o goleiro Martín Silva, que estava no Olímpia na decisão do torneio sul-americano, a buscar a bola nas redes três vezes, todas no primeiro tempo.

 

O Galo agora tem um compromisso fora de casa. Na quarta-feira, a equipe encara o Avaí,e m Florianópolis. Já o Vasco tenta se reerguer contra a Ponte Preta no Rio de Janeiro.

 

 

O Jogo

 

Foi uma tarde de reencontros no Independência. A volta do Atlético ao Horto depois de 25 dias. A presença de Martin Silva e Riascos, respectivamente ex-goleiro e ex-atacante do Olimpia e Tijuana, personagens marcantes da campanha alvinegra na conquista da Libertadores. A visita de Diego Tardelli, ídolo da massa e hoje atleta do Shandong Luneng, da China. Ingredientes para empolgar o torcedor e impulsionar o Galo contra o Vasco.

 

Os cariocas até esboçaram ameaçar a festa atleticana. Mas o ímpeto vascaíno durou poucos minutos. Assim que o Atlético se organizou em campo, foi um baile no time de São Januário. O Vasco começou a dançar conforme a música “Caiu no Horto, ta morto” a partir dos 11 minutos, quando Thiago Ribeiro abriu o placar com um chute da entrada da área.

 

Não deu tempo de respirar, aos 19, o Galo ampliou. Foi uma jogada que envolveu todo o ataque mineiro. O lance começou com Giovanni Augusto, passou por Dátolo, Thiago Ribeiro, novamente Giovanni Augusto, Luan, Lucas Pratto e terminou com o gol de cabeça marcado por Dátolo. Na comemoração, o argentino apontou para o visitante Tardelli.

 

Até chegar ao terceiro gol, o Atlético perdeu chances com Pratto e Leonardo Silva. Mas, aos 43 minutos, Luan cruzou da entrada da área e Thiago Ribeiro completou: 3 a 0.

 

A etapa final começou com baixas nas duas equipes. Durou 45 minutos o retorno de Riascos ao Independência. Ele sacado para entrada de Yago. No Galo, Giovanni Augusto, com uma torção no tornozelo esquerdo, deu lugar a Leandro Donizete.

 

Depois de quase marcar o quarto gol, evitado por Martin Silva no chute de Douglas Santos, o Atlético perdeu mais um atleta. Aos sete minutos, Dátolo, com dores na coxa direita, saiu para a entrada de Dodô.

 

O Galo seguiu criando chances. Aos 10 minutos, Donizete lançou Lucas Prato na área. O atacante dominou e bateu para fora. Cinco minutos depois, o Vasco balançou as redes, mas Yago estava na “banheira” e o impedimento foi marcado. Em seguida, Thiago Ribeiro, duas vezes, Pratto e Carlos César tiveram oportunidades para ampliar.

 

Redação do Jornal Nova Imprensa Superesportes

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias