Há algumas semanas, surgiu o assunto de que a Escola de Música Eunézimo Lima (Emmel), deixaria de pertencer à Secretaria de Cultura e passaria a ser dirigida pela Secretaria de Educação. O tema foi até destaque nas reuniões da Câmara Municipal.
Nesta terça-feira (15), o prefeito Aluísio Veloso/PT confirmou que a Escola de Música permanece na Secretaria de Cultura. Outra decisão do chefe do Executivo, é que a Emmel não será transferida para a Casa do Engenheiro conforme especulações.
?A Escola continuará no mesmo local e a Casa do Engenheiro será transformada em uma Casa de Cultura que poderá sediar ensaios de grupos maiores da Emmel como o coral e algumas bandas?, disse a secretária de Cultura, Mara Andrada.
Segundo informou a secretária, o prefeito determinou e já autorizou que sejam feitas melhorias na infraestrutura e na parte administrativa da escola, além do aumento no número de aulas e de alunos.
Maria Andrada ressaltou que a reforma consistirá em recuperação do telhado, retirada de vazamentos e infiltrações, pintura e outros consertos que forem necessários. Ela disse ainda que já foram adquiridos novos instrumentos, móveis e equipamentos para a Escola, que chegarão nos próximos dias.
?A previsão é que a reforma da Emmel comece, e que sejam concluídas as obras emergenciais realizadas no prédio do Núcleo Artístico Maestro Zezinho?, disse a secretária.
De acordo com a secretária, seis dos professores da Escola estão se formando este ano na Faculdade de Música de Três Corações. ?Isso mostra a preocupação e a responsabilidade de todos eles com o crescimento profissional e a qualidade do ensino da Escola de Música?.

Imprimir
Comentários