Da Redação

Na manhã desta quinta-feira (19), por volta das 7h15, o empresário Gilmar Basílio, de 56 anos, foi assassinado ao descer do veículo, em frente à empresa dele, localizada na avenida Juca Pedro, no Centro de Formiga. Gilmar foi alvejado com dois tiros, um na cabeça outro na perna.

 

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, testemunhas ouviram dois tiros e, em seguida, avistaram uma camionete branca saindo em alta velocidade do local, sentido ao Terminal Rodoviário.

A PM, que estava próxima ao local, chegou imediatamente e uma segunda viatura saiu em rastreamento, porém o veículo não foi encontrado.

O corpo de Gilmar está sendo velado na Funerária Aliança e será sepultado às 18h, no Cemitério do Santíssimo.

A Polícia Militar solicita quem tiver alguma informação sobre o crime entrar contato pelo 190 ou pelo Disk Denúncia 181. Não é necessário se identificar, as  denúncias são sigilosas.

(Foto: Reprodução Facebook)

 

Segundo declaração do delegado de Proteção ao Patrimônio, Danilo César Basílio, divulgada por meio de áudio no WhatsApp, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com o delegado, Gilmar foi surpreendido quando chegava na oficina dele e tentou reagir. “Encontramos um porrete ao lado da camionete de Gilmar, ao que parece ele tentou reagir”. Danilo informou ainda que a camionete usada no crime, uma Hillux branca, foi usada em um assalto em Arcos, nessa quarta-feira (18) onde outra camionete do mesmo modelo foi levada.

Gilmar possuía uma loja de tintas automotivas e também uma oficina de lanternagem, anexa aos fundos da loja.

Assassinatos em 2016

 Em 2016, o Nova Imprensa/Últimas Notícias divulgou cinco homicídios. Todas as vítimas foram mortas com golpes de faca.

No dia 7 de fevereiro, Donizete dos Reis Oliveira, de 28 anos, foi assassinado na casa dele, na rua Verciano Rufino da Cunha, no Ércio Rocha. A vítima estava dormindo e levou vários golpes de faca.

No dia 24 do mesmo mês, o adolescente João Henrique Simões, de 17 anos, foi morto na rua Dom Manoel, no bairro São Luís.  A vítima levou dez facadas e tinha várias passagens pela polícia.

Antônio Marcos da Silva, de 52 anos, foi morto na casa dele, no bairro Geraldo Veloso, também com golpe de faca.

Matheus Liberato de Oliveira, de 25 anos, foi assassinado no dia 28 de agosto, em uma festa no sítio da família dele, no Distrito de Ponte Vila e Magno de Oliveira, de 26 anos, foi assassinado no dia 10 de setembro, no bairro Novo Horizonte.

Confira o áudio:

*Matéria atualizada às 14h50 para acréscimo de informação.

print

Comentários