Durante vistoria das encomendas que chegam para os presidiários da Penitenciária Regional de Formiga, na sexta-feira (5), um agente ao vistoriar um pacote contendo vários maços de cigarro percebeu que alguns estavam adulterados.
O agente abriu os cigarros e constatou que o fumo havia sido trocado por maconha.
A encomenda, despachada de Divinópolis, via Sedex, era destinada para um detento do Pavilhão F1 que confirmou que a droga seria para consumo próprio.
O agente acionou a Polícia Militar que apreendeu os cigarros.

Imprimir