Encontro antecipado de Cruzeiro e Galo gera impasse de datas para semifinal do Mineiro

O confronto ocorrerá devido a classificação dos dois times. Ambos perderam as partidas disputadas nesse domingo (5)

O confronto ocorrerá devido a classificação dos dois times. Ambos perderam as partidas disputadas nesse domingo (5)

Muitos esperavam Cruzeiro e Atlético na final do Campeonato Mineiro. Mas a competência da Caldense, aliada às derrotas da dupla na última rodada da fase de classificação, antecipou o encontro para a semifinal. Agora, os jogos de mata-mata do Estadual coincidem com um período importante da fase de grupos da Libertadores, em que Raposa e Galo têm planejamentos diferentes e pretendem jogar em dias distintos. A opção de jogar no sábado ou no domingo pune um dos lados quanto ao prazo de recuperação de 72 horas para o compromisso da Copa Libertadores.

A programação celeste é jogar a primeira partida da semifinal no sábado, dia 11 de abril. Pois, na terça-feira (14), a Raposa jogará em Buenos Aires contra o Huracán. A logística é que o clube viaje no domingo para se preparar para o duelo da competição continental.

?Vai acontecer um problema que temos jogo no sábado e estamos com logística pronta para viajar para a Argentina no domingo. Foi nos dito que o jogo seria no sábado. Esperamos que isso seja mantido, disse o técnico Marcelo Oliveira, após a derrota para o Tombense.

O desejo inicial do Atlético é jogar o primeiro clássico da semifinais no domingo (12). O Galo enfrenta o Santa Fe nesta quinta-feira (9), no Independência. E, assim como para o Cruzeiro não é viável jogar na domingo e depois na terça, o Galo não quer atuar na quinta pela Libertadores e depois no sábado pelo Mineiro. O técnico Levir Culpi considera mais justo uma mudança no calendário.

?Penso que essa data será mudada. Não acho justo jogar no domingo e jogar na terça. É claro que sim, devem mudar a data. Se estivéssemos no lugar deles (Cruzeiro), iríamos querer a mesma coisa. Estamos no início da competição e não tem ninguém morto de cansado. Temos que ganhar mais conjunto e força física. Alguns jogadores estão voltando. Intercalar entre quarta e domingo é mais tranquilo. Os dois times têm elencos grandes e podem trocar jogadores. A gente tem que acreditar nisso também?, avaliou Levir, após a derrota para o Boa Esporte.

Na semana dos dias 21 e 22 de abril, o impasse sobre jogar o Mineiro no sábado ou domingo se repete para os arquirrivais. Mais uma vez, o Cruzeiro tem compromisso pela Libertadores na terça e o Atlético joga na quarta. A Raposa recebe o Universitario e o Galo encara o Colo Colo, ambos em Belo Horizonte.

O presidente da Federação Mineira, Castellar Neto, foi procurado pela reportagem, mas não atendeu as ligações. A FMF deve se posicionar nos próximos dias sobre a definição do calendário.

Veja a sequência de três jogos e logística de viagem para Cruzeiro e Atlético:

Cruzeiro
Cruzeiro x Mineiros, quarta-feira, 8 de abril, no Mineirão, pela Libertadores
Primeiro jogo da semifinal do Mineiro (resta definição da data)
Huracán x Cruzeiro, terça-feira, 14 de abril, em Buenos Aires, pela Libertadores
*A programação celeste é viajar à Argentina no domingo

Atlético
Atlético x Santa Fe, quinta-feira, 9 de abril, no Independência, pela Libertadores
Primeiro jogo da semifinal do Mineiro (resta definição da data)
Atlas x Atlético, quarta-feira, 15 de abril, em Guadalajara, pela Libertadores
* A programação alvinegra é viajar ao México no domingo

Imprimir
Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

“Encontro antecipado” de Cruzeiro e Galo gera impasse de datas para semifinal do Mineiro

O confronto ocorrerá devido a classificação dos dois times. Ambos perderam as partidas disputadas nesse domingo (5).

O confronto ocorrerá devido a classificação dos dois times. Ambos perderam as partidas disputadas nesse domingo (5).

 

Muitos esperavam Cruzeiro e Atlético na final do Campeonato Mineiro. Mas a competência da Caldense, aliada às derrotas da dupla na última rodada da fase de classificação, antecipou o encontro para a semifinal. Agora, os jogos de mata-mata do Estadual coincidem com um período importante da fase de grupos da Libertadores, em que Raposa e Galo têm planejamentos diferentes e pretendem jogar em dias distintos. A opção de jogar no sábado ou no domingo pune um dos lados quanto ao prazo de recuperação de 72 horas para o compromisso da Copa Libertadores.

A programação celeste é jogar a primeira partida da semifinal no sábado, dia 11 de abril. Pois, na terça-feira (14), a Raposa jogará em Buenos Aires contra o Huracán. A logística é que o clube viaje no domingo para se preparar para o duelo da competição continental.

“Vai acontecer um problema que temos jogo no sábado e estamos com logística pronta para viajar para a Argentina no domingo. Foi nos dito que o jogo seria no sábado. Esperamos que isso seja mantido”, disse o técnico Marcelo Oliveira, após a derrota para o Tombense.

O desejo inicial do Atlético é jogar o primeiro clássico da semifinais no domingo (12). O Galo enfrenta o Santa Fe nesta quinta-feira (9), no Independência. E, assim como para o Cruzeiro não é viável jogar na domingo e depois na terça, o Galo não quer atuar na quinta pela Libertadores e depois no sábado pelo Mineiro. O técnico Levir Culpi considera mais justo uma mudança no calendário.

“Penso que essa data será mudada. Não acho justo jogar no domingo e jogar na terça. É claro que sim, devem mudar a data. Se estivéssemos no lugar deles (Cruzeiro), iríamos querer a mesma coisa. Estamos no início da competição e não tem ninguém morto de cansado. Temos que ganhar mais conjunto e força física. Alguns jogadores estão voltando. Intercalar entre quarta e domingo é mais tranquilo. Os dois times têm elencos grandes e podem trocar jogadores. A gente tem que acreditar nisso também”, avaliou Levir, após a derrota para o Boa Esporte.

Na semana dos dias 21 e 22 de abril, o impasse sobre jogar o Mineiro no sábado ou domingo se repete para os arquirrivais. Mais uma vez, o Cruzeiro tem compromisso pela Libertadores na terça e o Atlético joga na quarta. A Raposa recebe o Universitario e o Galo encara o Colo Colo, ambos em Belo Horizonte.

O presidente da Federação Mineira, Castellar Neto, foi procurado pela reportagem, mas não atendeu as ligações. A FMF deve se posicionar nos próximos dias sobre a definição do calendário.

 

Veja a sequência de três jogos e logística de viagem para Cruzeiro e Atlético:

 

Cruzeiro

Cruzeiro x Mineiros, quarta-feira, 8 de abril, no Mineirão, pela Libertadores

Primeiro jogo da semifinal do Mineiro (resta definição da data)

Huracán x Cruzeiro, terça-feira, 14 de abril, em Buenos Aires, pela Libertadores

*A programação celeste é viajar à Argentina no domingo

 

Atlético

Atlético x Santa Fe, quinta-feira, 9 de abril, no Independência, pela Libertadores

Primeiro jogo da semifinal do Mineiro (resta definição da data)

Atlas x Atlético, quarta-feira, 15 de abril, em Guadalajara, pela Libertadores

* A programação alvinegra é viajar ao México no domingo

Redação do Jornal Nova Imprensa Superesportes

Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!