O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (CAO-VD), participou na manhã de hoje, 7 de novembro, de reunião da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). No encontro, foi discutida a importância das delegacias especializadas de atendimento à mulher (Deams) e das redes de enfrentamento à violência.

A comissão, instalada há um ano, fez visitas técnicas a nove delegacias especializadas de atendimento à mulher da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), entre abril e setembro deste ano. Além da capital, foram visitadas as unidades de Betim, Contagem, Ibirité, Nova Lima, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia e Vespasiano. De acordo com a coordenadora do CAO-VD, promotora de Justiça Patrícia Habkouk, “a ausência de policiais e a falta de estrutura dessas delegacias impacta diretamente no enfrentamento da violência contra a mulher. É muito importante conhecermos esses levantamentos e, a partir deles, cobrarmos a melhor estruturação dessas delegacias”.

Na ocasião, o MPMG, por meio da coordenadora do CAO-VD, foi homenageado pela criação do órgão especializado, em abril deste ano. Além de representantes da ALMG e do MPMG, participaram da reunião representantes do Governo de Minas, Poder Judiciário, Defensoria Pública, polícias, entre outros.
 

Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
Instagram: www.instagram.com/MPMG.oficial
07/11/19

Fonte: MPMG
Imprimir