Os estudantes que vão prestar o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no próximo domingo (24), precisam ficar atentos, principalmente às questões de matemática.

 A disciplina compõe sozinha a área chamada de Matemática e suas Tecnologias, um dos quatro campos de conhecimento da prova. Dessa forma, dos 90 pontos do segundo dia de prova, 45 pontos – ou seja, metade da prova – serão dedicados à matéria. A área também corresponde a um quarto dos 180 pontos da prova objetiva, aplicada nos dois dias.

No segundo dia de provas, os estudantes também vão responder a questões da área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que é composta pelas disciplinas de biologia, química e física. Aluno do pré-Enem do Chromos, Wyatt Nicolas de Carvalho, 20, afirma que tem facilidade com matemática, mas pondera que o mais difícil vai ser driblar o nervosismo.

“Eu tenho facilidade com matemática e os números, mas o que mais me assusta no segundo dia é a questão do nervosismo e da resistência, principalmente em matérias como física, nas quais eu tenho mais dificuldade. E vejo que alunos em geral também têm esse problema, principalmente com física e química”, explica o candidato do Enem.

O objetivo de Wyatt Carvalho é cursar ciências biológicas na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Caso não consiga ser aprovado nesse exame, o estudante não descarta usar a nota para fazer o curso em faculdades públicas de outros Estados.

Nesta semana entre provas, a estratégia adotada por ele é manter a rotina de estudos, tentando intercalar com momentos de descanso. “Eu estou treinando muito em cima de exercícios, vendo um pouco a parte teórica, mas também equilibrando com exercícios físicos e momentos de distração. Porque, neste momento, a gente precisa mais é de revisar a matéria. O que a gente tinha que aprender já foi durante o ano. Já o descanso e a saúde mental são pontos importantes, que também vão ser decisivos para a prova de domingo”, afirma o estudante.

Recomendação

Coordenadora do curso Pré-Enem do Chromos, Denise Arão afirma que a orientação dos professores para essa fase é que os candidatos mantenham o ritmo de estudos também durante a semana. “A recomendação é que eles mantenham a rotina de estudo até sexta-feira. Já no sábado, é importante dar uma relaxada. E partir pra cima no domingo. Porque, se você desacelerar agora para fazer a prova só no domingo, o corpo se adapta e se acomoda. Então é deixar pra descansar totalmente apenas na segunda-feira que vem mesmo”, afirma.

Fonte: O Tempo Online

Imprimir
Comentários