Erasmo Carlos Espíndola não é mais o presidente da Comissão Provisória do PMDB local.  Por meio de ofício, ele solicitou desligamento do cargo e dos quadros do partido, na terça-feira (28).

Erasmo assumiu a presidência do PMDB em novembro de 2013. Segundo ele, por indicação do ex-ministro da Agricultura, Antônio Andrade e com o apadrinhamento do deputado Ivair Nogueira e do prefeito Moacir Ribeiro.

Questionado sobre sua saída, Erasmo não detalhou sobre o que o influenciou para a tomada desta decisão.

Até na manhã desta sexta-feira (1º), no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Erasmo Carlos ainda figurava como presidente do partido local. Segundo esta mesma fonte, figuram como dirigentes da agremiação: 1ª vice-presidente, Rosimeire Ribeiro de Mendonça (Meirinha) e 2º vice-presidente, Iata Anderson Milani.

PP também está sob nova direção

A direção da Comissão Provisória Partido Progressista (PP) nesta cidade sofreu profundas modificações em seus quadros.   Walter Arantes, que a presidia foi substituído pelo engenheiro Mauri de Castro (presidente). O novo vice é Eugênio Vilela JuniorMarcelo Vaz Campos assumiu a secretaria e Márcio Guilherme Gato de Castro a tesouraria.

Mauri de Castro (presidente) e Eugênio Vilela Junior (vice) ladeiam o presidente estadual do PP, Alberto Pinto Coelho, após reunião realizada nesta semana em BH (Foto: Divulgação)

Imprimir

Comentários