A Escola Estadual Aureliano Rodrigues Nunes, por meio da diretoria, alunos e professores, comemorou, na quinta-feira (26), o Dia Nacional do Surdo. O estabelecimento de ensino conta com três alunos com a deficiência.
Na ocasião, os alunos apresentaram ao público a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). De acordo com o diretor da escola, Hadailton Geraldo Silva, desde que os estudantes começaram a frequentar o estabelecimento de ensino, obtiveram uma grande melhora no desempenho. ?Existe uma socialização na escola. Vivemos essa realidade, pois somos todos iguais?.
Natália Faria Paula e Rodrigo Eustáquio Teodoro são surdos e estão no 9º ano. Eles ingressaram na escola há 7 anos. Douglas Vilela Silva também é surdo e faz parte da turma do 7º ano. A intérprete Karoline Nascimento acompanha os alunos surdos há três anos.
?Eles têm notas boas. Jogam capoeira. A Natália foi alfabetizada aqui, ela chegou assustada e foi se adaptando ao ambiente. Hoje, os outros alunos os tratam de igual para igual?, contou Hadailton.
A escola conta ainda com a aluna Mirele Teles, que é cega e está no 7º ano do ensino fundamental e há um ano é acompanhada pela professora Juliana Couto Carvalho. Mirele é ainda, aluna da Emmel. Durante o evento de quinta-feira ela se apresentou tocando flauta. ?A gente não pode deixar as pessoas de lado, Não podemos ser indiferentes. É importante que as pessoas sejam tratadas iguais?, disse Mirele Teles.
O diretor da escola explicou ainda que, na parte vespertina, a escola conta com 8 alunos especiais. ?São alunos com transtornos globais de desenvolvimento (TGD), uns com baixa visão, outros com deficiência intelectual leve. Quando esses alunos são inclusos na escola, eles são inclusos na sociedade. Há uma interação maior. Essa interação é importante e está ganhando força nas escolas estaduais?.
A Escola Aureliano Rodrigues Nunes conta com 758 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.
Comemoração da data
Em 26 de setembro, data da inauguração da primeira escola para surdos do país, hoje Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) comemora-se o Dia Nacional do Surdo. Nesse dia é lembrada a luta histórica dos surdos em prol da garantia dos direitos à saúde, educação, trabalho e participação social.

Imprimir
Comentários