A maioria das pessoas acredita que o tratamento dental correto consiste em escovar os dentes e usar o fio dental com frequência – no mínimo, duas vezes por dia, como recomendado pelas autoridades sanitárias de diversos países. Os que são ainda mais preocupados acabam escovando os dentes após todas as refeições, o que inclui lanches rápidos e até mesmo após tomar bebidas carregadas de açúcar, como refrigerantes.
Contudo, pesquisas indicam que escovar os dentes logo depois das refeições e da ingestão de bebidas, principalmente líquidos mais ácidos, pode fazer mais mal do que bem para os dentes.
O refluxo de ácido estomacal também oferece um perigo similar: apesar de parecer uma boa ideia escovar os dentes após um episódio de refluxo gástrico, a ação que visa beneficiar a higiene bucal pode acabar causando danos sérios à saúde dos dentes. O ácido ataca os dentes, corroendo o esmalte e a camada que existe abaixo dele, chamada dentina. A escovação, segundo Howard R. Gamble, presidente da Academia de Odontologia geral nos Estados Unidos, pode acelerar o processo de corrosão.
Ao escovar os dentes logo após o contato do ácido com o esmalte, é possível que a pessoa esteja empurrando o ácido ainda mais próximo da dentina, explica o especialista.
Em um dos estudos, um grupo de voluntários foi acompanhado durante três semanas enquanto os pesquisadores examinavam o impacto da escovação em seus dentes após a ingestão de refrigerantes.
Os cientistas descobriram um aumento na perda de dentina quando a escovação foi realizada menos de 20 minutos depois da ingestão do líquido. Por outro lado, houve consideravelmente menos perdas quando a escovação aconteceu de 30 a 60 minutos depois da ingestão.
Segundo os autores concluíram no relatório final do estudo, é preciso dar um intervalo de pelo menos 30 minutos entre o ataque corrosivo (presença do ácido) e a escovação dos dentes.

Imprimir
Comentários