Paulo Coelho

Há anos que a rede de esgoto nas imediações da Penitenciária Regional de Formiga – hoje mal dimensionada em razão do crescimento populacional- diariamente nos horários de pico transborda e espalha pela via pública (rua Alto do Pequi) um caldo verde e fétido.
Pessoas que trafegam pela via, que possui grande movimento em razão de ser caminho usado por alunos do Unifor-MG e das visitas aos detentos da unidade prisional aos finais de semana, volta e meia, são surpreendidas com um banho do caldo fétido que espirra a grande distância sempre que alguns veículos passam pelas poças que se formam na rua. Detalhe: a via é o único acesso aos bairros da região e não há alternativa que permita sua interdição.

Imprimir