A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Divinópolis divulgou na quinta-feira (22) que os estoques das vacinas BCG e Pentavalente estão comprometidos na cidade.

Duas unidades de saúde adotarão o esquema de agendamento para vacinação de BCG e a Pentavalente será aplicada apenas em bebês de 2 meses.

BCG

De acordo com o protal G1, a Prefeitura informou que o estoque de BCG, que previne a tuberculose, está reduzido, devido ao recebimento insuficiente das doses para o atendimento de todos os recém-nascidos. A Central de Imunização recebeu 200 doses para vacinação durante o mês de agosto, de acordo com a Prefeitura.

A vacina tem validade de seis horas após a abertura e para utilizar todas as doses disponibilizadas após diluição do frasco, duas unidades de saúde terão agendamento para aplicação da vacina.

A Unidade Básica de Saude (UBS) Ipiranga tem 12 vagas para terça-feira. A previsão de datas para agendamento são 27 de agosto, 3 e 10 de setembro.

A UBS Central conta com 14 vagas para quinta-feira, a previsão de datas são 29 de agosto, 5 e 12 de setembro.

Conforme a assessoria de Comunicação da Prefeitura, o interessado deve ir à unidade de referência da criança e lá será orientado como proceder.

Pentavalente

Sobre a Pentavalente, que previne contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e haemophilus influenzae B, a Prefeitura informou que a Central está com o estoque zerado.

O setor abastece 37 salas de vacinação na cidade e não há doses disponíveis para reposição dos estoques.

Por isso, o Executivo vai priorizar a vacinação de bebês de 2 meses de idade, ainda sem proteção contra as doenças que são prevenidas pela Pentavalente. O objetivo é garantir a 1ª dose do esquema.

A administração explica que esta estratégia consta no Memorando Circular nº 20/2019/SES/SUBVPS-SVEAST-DVE-CI der julho/2019 da SES-MG.

A administração explicou que assim que os estoques forem restabelecidos, a Semusa seguirá com o Calendário Nacional de Vacinação.

 

 

Fonte: G1||

Imprimir

Comentários