Pelo menos 110 obras para a recuperação de estradas estaduais são realizadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Além das reformas emergenciais nas vias, outra prioridade é a sinalização de segurança, indicando novos trajetos e desvios.
Dentre as ocorrências mais atendidas nesse período estão quedas de barreira, erosões de aterros, deslizamento de encostas, obstrução de drenagens, abatimento de pista, avarias na infra-estrutura das pontes, interrupções de tráfego e outros estragos decorrentes das chuvas intensas.

Ocorrências
No km 2 da MG 350, que liga Pouso Alto a Virgínia, no Sul de Minas, o trecho encontra-se interditado devido a avarias na estrutura da ponte sobre o rio Verde. Equipes do DER/MG foram ao local e utilizaram sinalização de segurança, além de indicar nova opção de tráfego ao motorista. Neste caso, os motoristas foram indicados a utilizar a estrada de acesso ao bairro Bom Retiro no município de Pouso Alto. Para a construção de uma nova ponte, as obras já foram licitadas e para garantir seguranças aos pedestres, instalada uma passarela de estrutura metálica.
No quilômetro 551 da MGC 367, no trecho Couto de Magalhães de Minas ao entroncamento da MG 214, no Vale do Jequitinhonha, o DER/MG utilizou sinalização de segurança no local e recuperação do aterro, devido à erosão causada pelas chuvas.
Na MG 329, km 124, na Zona da Mata, com quedas de barreira e erosão do aterro, os técnicos sinalizaram o local com segurança e estão retirando o material para a desobstrução do trecho.
Para acionar o DER/MG, os usuários das rodovias mineiras podem ligar para o número 118 (na região metropolitana de Belo Horizonte) ou para o 0800-285-1517, para quem mora no interior do Estado.

print
Comentários