A Prova Brasil visa avaliar o desempenho em língua portuguesa e matemática de estudantes de 4ª e 8ª séries (5° e 9° ano) de escolas públicas. Com os resultados do exame, é possível fazer um diagnóstico da situação nacional e regional da educação no país. Os dados são utilizados para calcular o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e melhorar a qualidade do ensino básico, uma das metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).
Este ano, pela primeira vez as escolas da zona rural também participarão do processo. As provas são elaboradas pelo Ideb e o Consórcio Consulplan -Avalia, empresa vencedora é a responsável para aplicar as provas.
A Prova
O processo de avaliação permite fazer um diagnóstico da situação da educação no país. A prova Brasil foi implantada em 2005, o exame é organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com as redes estaduais e municipais de educação. Como todos os alunos das turmas avaliadas fazem prova, pode-se medir o desempenho por escola e por município.
A outra avaliação da educação básica, o Saeb, que também avalia as mesmas séries e o ensino médio, mas por amostragem, permite apenas mensurar o desempenho nacional, por região e por estado.
Ao conhecer o desempenho dos alunos, o diretor tem como saber a real situação da escola em relação às demais. Os resultados da Prova Brasil permite aos dirigentes das escolas, inclusive, trocarem experiências de boas práticas pedagógicas. Além disso, secretários estaduais e municipais de educação podem, a partir do desempenho das escolas de sua jurisdição, elaborar políticas para reforçar a aprendizagem em sua localidade.
As questões da prova são elaboradas com base nas habilidades de leitura e interpretação e de raciocínio diante de problemas lógicos. Além dos testes, os alunos respondem a questionários para opinar sobre os professores, o diretor e a própria escola.

print
Comentários