Mulheres que superaram um câncer de mama podem sofrer uma reincidência, às vezes até 20 anos depois do primeiro diagnóstico. Um estudo publicado na última quarta-feira tenta ajudar a identificar quem corre mais risco.

Alguns fatores de risco de reincidência conhecidos são a idade da paciente, o tamanho e a natureza do tumor e a presença de células cancerosas nos gânglios linfáticos.

Os pesquisadores analisaram os dados de 3 mil pacientes britânicas e canadenses que receberam o diagnóstico de câncer de mama entre 1977 e 2005.

Esses dados foram usados para desenvolver um modelo informático que identificou quatro subgrupos com “risco particularmente alto de reincidência tardia”. Segundo o estudo, cerca de um quarto das mulheres afetadas pela forma mais comum de câncer de mama tinham entre 42% e 55% de risco de reincidência nos 20 anos seguintes.

IMPRIMIR

Fonte:

O Tempo