Com a revogação do decreto, as festividades em Formiga estão liberadas. Entretanto, o decreto estabelece que a expedição de alvará para eventos fica condicionada a assinatura do termo de compromisso prevendo a obrigação do organizador de adotar as medidas de prevenção estabelecidas pelo Comitê Municipal de Enfrentamento da Influenza A (H1N1).
O decreto foi revogado após recomendação do comitê, tendo em vista a estabilidade dos casos da nova gripe no município. Mesmo com dois casos confirmados da doença na cidade e outros suspeitos, a situação em Formiga é estável, tanto que até mesmo o ambulatório especializado para atender aos casos de suspeitas da influenza A será desativado nesta sexta-feira (25), devido à considerável queda nos atendimentos, de 20 para 8 pacientes por dia.
Segundo a coordenadora de epidemiologia, Juliana Castro, ainda assim as pessoas não devem baixar a guarda quanto às medidas preventivas. ?No caso das escolas, por exemplo, as atividades poderão continuar normalmente, lembrando sempre da prevenção. Quanto às feiras culturais, nós recomendamos que não sejam abertas ao público, sendo apenas para a comunidade escolar? , comenta.

print
Comentários