Uma audiência a portas fechadas ocorreu nesta terça-feira (9), no Fórum de Bom Despacho, com o ex-prefeito da cidade, Haroldo Queiroz. Ele responde a processos por improbidade administrativa e desvio de dinheiro. Além do político, também foram notificados para participar alguns amigos, parentes e o jornalista e na época assessor, Aceir Parreiras Júnior.

Haroldo Queiroz já foi prefeito da cidade por três vezes. Ele é investigado pelo Ministério Público  desde 2011. Uma das denúncias, segundo o promotor responsável pelo caso, Luciano Moreira, envolve o aluguel de uma frota de veículos e, em outra, a canalização de um córrego na Avenida Dr. Roberto. Segundo o promotor, os prejuízos aos cofres públicos somam R$ 8 milhões em valores atualizados.

Contra Queiroz também há uma denúncia de desvio de dinheiro em benefício próprio e das filhas e outra sobre destruir documentos públicos que precisariam ser repassados à nova administração do acervo da Prefeitura juntamente com outros agentes políticos. Em defesa, o ex-prefeito afirma que os documentos estão no Fórum. “Recolheram na Prefeitura 11 ou 13 fardos de documentos como licitação e correspondências. Está tudo no Fórum”, acrescentou o jornalista Aceir Parreiras Júnior.

Audiência
Sobre a audiência, ela durou cerca de quatro horas e o ex-prefeito negou as acusações. “Estão falando para comover a população politicamente”, alegou.

 

Fonte: G1 Centro-Oeste ||

Imprimir

Comentários