A Secretaria Municipal de Saúde normalizou a marcação de exames de rotina. Com isso, será possível antecipar a realização de exames que já estavam marcados. Assim, a Prefeitura está convocando 1500 pacientes para fazer remarcações. Os procedimentos estão sendo antecipados em até 45 dias.
Neste ano, houve um aumento da demanda, por causa da dengue, por exemplo, e da oferta de exames. No ano passado, eram realizados cerca de 10 mil por mês. Em 2013, esse número passou para 13 mil por mês.
Com o orçamento feito no ano passado, foi possível realizar os exames normalmente até julho. Depois, foi necessário priorizar os casos mais urgentes. Em reunião entre o prefeito Moacir Ribeiro, o secretário municipal de Saúde, Rafael Alves Tomé, o chefe de Gabinete, José Terra de Oliveira Júnior, o secretário de Fazenda, Antônio Carlos Alvarenga, e o controlador municipal, Cleuton de Lima, ficou decidido que haveria uma maior disponibilização dos recursos. Dos R$580 mil previstos, o montante passou para R$815 mil.
?Como a saúde é uma das principais prioridades desta gestão, resolvemos aumentar os recursos que estavam previstos. Assim, conseguimos não só normalizar a situação, como também antecipar os exames marcados?, explicou o secretário de Saúde.

IMPRIMIR