A construção civil é o setor com maior expectativa de geração de empregos para o primeiro trimestre de 2010 no país. Com os incentivos do governo para financiamentos imobiliários e os anúncios da Copa do Mundo e das Olimpíadas o setor já se movimenta de olho nos canteiros de obras.
O diretor pedagógico Gaspar Morais está olhando materiais de acabamento da casa própria. Foram três meses de obras. Consumidores como ele impulsionaram o setor da construção civil no país que deve melhorar ainda mais no próximo ano.
Essas boas perspectivas foram apresentadas na pesquisa de uma empresa de recursos humanos que apontou para 2010 um ano de muitas contratações.
O levantamento avaliou a expectativa de mais de 70 mil empresas de 35 países quanto à empregabilidade nos três primeiros meses do ano que vem. No Brasil foram ouvidos quase 1000 empregadores.
De acordo com o estudo, o índice de otimismo entre os empregadores brasileiros de todos os setores é de 31%, dez pontos percentuais acima do último trimestre.
Na construção civil a expectativa passou de 7% no último trimestre para 46%. Em Araxá são mais de cinco mil trabalhadores nesse ramo, ainda assim, não conseguem atender a demanda.

Imprimir