Em agosto de 2010, as exportações mensais de Minas Gerais atingiram US$ 3,32 bilhões, o maior valor já registrado pelo comércio exterior do estado. Foi um aumento de 101,4% em comparação das exportações mineiras em agosto de 2009, já em relação a julho de 2010, o volume apresentou aumento de apenas 17,7%. No acumulado de janeiro a agosto/2010), a expansão foi de 51% em relação ao mesmo período do ano anterior, totalizando US$ 18,47 bilhões exportados. Com esse resultado, Minas Gerais passou a responder por 14,65% das exportações acumuladas pelo país até agosto de 2010.
As importações mineiras seguem ritmo de crescimento moderado. No mês passado, elas começaram a se igualar à média dos valores importados no ano de 2008. O valor registrado foi de US$ 6,28 bilhões no acumulado do ano. Esse valor representa uma expansão das importações estaduais de 38,6% em relação ao valor verificado entre janeiro a agosto de 2009. As importações mensais alcançaram US$ 953,06 milhões, apresentando crescimento de 34,8% ao registrado em agosto de 2009. Na comparação com julho de 2010 o crescimento foi de 3,6%.
No acumulado do ano, o saldo comercial mineiro foi superavitário em US$ 12,19 bilhões, valor 58,3% superior a igual período do ano anterior. Para o mesmo período esse número foi equivalente a 104,46% do saldo comercial brasileiro. Já o saldo comercial de agosto, que alcançou US$ 2,36 bilhões, consolidou-se como o maior saldo de 2010. Em relação a agosto de 2009, o crescimento foi de 151,4%.
A corrente de comércio mineira atingiu US$ 4,27 bilhões em agosto de 2010. Houve aumento de 81,4% em relação ao valor de agosto de 2009, sendo Minas a responsável por 11,87% do total nacional. Por outro lado, o crescimento da corrente de comércio foi 2,3 vezes superior ao registrado pelo crescimento nacional. A corrente de comércio mineira, que correspondeu a 10,3% do total nacional, foi de US$ 24,76 bilhões, 47,7% superior ao valor de janeiro a agosto de 2009.

print
Comentários