Por Paulo Coelho

As afirmações do governador Zema a respeito das modificações que promete implantar na rotina dos licenciamentos ambientais, somadas as suas indicações para cargos ligados ao setor e aos problemas agora vivenciados pelos mineiros com a ocorrência da chamada “Tragédia de Brumadinho”, tem gerado especulações, que certamente, o governador, em breve, as responderá.

São elas: manutenção na Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, do secretário, Germano Luiz Gomes Vieira, egresso do governo Pimentel e, agora, nesta semana, a indicação pelo governador de Renato Teixeira Brandão, para ocupar a presidência da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam).

Renato, no governo anterior, ocupou o cargo de Diretor de Gestão de Resíduos na Feam, órgão que deveria fiscalizar a barragem que agora se rompeu. “Tudo velho, nada de novo”, comemoram alguns mineradores.

Renato Teixeira Brandão (Foto:  Marina Bhering/Amda)

O secretário, Germano Luiz Gomes Vieira (Foto: Divulgação)

Imprimir